Notícias da Região | Santa Helena

Quinta-feira, 14 de Junho de 2018

A Grande Família precisa da sua ajuda

Muitas vezes nos queixamos dos valores da energia elétrica, água, supermercado e outras despesas mensais de uma família pequena, mas calcule essas despesas em uma casa com 12 integrantes? Esse é o cotidiano de Karla Aparecida Soares e Jusefei Vagner Fuhr, um casal de professores que possui 10 filhos e todos residem juntos em uma casa em Santa Helena. 

Tudo isso não aconteceu por acaso, os dois entenderam que poderiam fazer mais e que tinham a missão de assistir a quem a vida não deu as mesmas oportunidades.

Karla possui um filho biológico de seu primeiro casamento e depois que conheceu Jusefei, o casal decidiu adotar duas crianças.

Como já haviam feito adoções, frequentemente eram contatados por Varas da Infância de todo o país para acolher novas crianças. Foi então que souberam que no Rio Grande do Sul, quatro irmãos estavam em situação de vulnerabilidade e decidiram concretizar a adoção. 

Logo depois, em Minas Gerais, outra família foi identificada com problemas ainda mais graves. Eles estavam em sexto da lista e nenhum dos casais anteriores aceitou os quatro irmãos mineiros que passavam por dificuldades e enfrentavam muitos riscos diariamente. Relutantes, porém com o coração cheio de espaço, mais uma vez não hesitaram, e hoje as crianças estão saudáveis, educadas e livres de perigos.

Assim, resumidamente nasceu a ‘Grande Família’ que hoje, em razão de uma série de fatores, precisa de apoio financeiro para cumprir com as obrigações mensais: “Sabemos que todo pai tem o dever de gerir sua família, mas tivemos contratempos que extrapolaram nosso planejamento, como por exemplo, a nossa van, que está na mecânica e custará caro o conserto”, lamenta o pai.

A expectativa do casal é que a situação fique confortável em 2019, quando ocorrerão as elevações de nível dos professores da rede estadual e ambos terão incrementos nos vencimentos. Até lá, eles contam com a colaboração da comunidade e de familiares para administrar a situação.

“Estamos com um carro emprestado até a van ser consertada, tem ‘quebrado um galho’, mas somos em 12 e até mesmo a van comporta somente 11 pessoas”, revela a mãe.

A CAMPANHA

Nas redes sociais e através de amigos, os ‘super pais’ já conseguiram algumas doações, porém para que a situação seja amenizada, necessitam aproximadamente R$20 mil, contando o conserto do utilitário e as dívidas contraídas em virtude do alto custo mensal de manutenção da casa.

Tudo é regrado, racionado, mas agora eles precisam de ajuda. Se para você sobra, compartilhe!

Banco do Brasil
Agência: 2577-1 
Conta Corrente: 19838-2
Karla Aparecida Soares

Fonte: Xeretando

COMPARTILHE

COMENTÁRIOS

Respondendo - 15.06.2018 - 07:321
Ao comentário do "OI" - O Juse é Documentador Escolar, você poderá encontra-lo em horário comercial no Colégio Castelo Branco no Centro da Cidade em frente ao Posto de Saúde. Ou se tem filho na rede estadual (entre 6º e 9º ano) leve na escola, estamos todos juntos nessa causa e certamente chegará a "GRANDE FAMÍLIA". As crianças tem entre 05 e 16 anos então todos os tamanhos são bem vindos.
lovani berte - 14.06.2018 - 22:482
Carla uma pessoa abençoada por Deus conheço de muito muito tempo, me ajudou tanto desdo dia que nós conhecemos, faço questão de ajudar agora vou orar pra você e pra sua família
Oi - 14.06.2018 - 22:343
Quero doar alimento e roupas aonde voces moram que irei levar com o coracao feliz. Se possivel informe os tamanhos das roupas e dos calcados. Obrigada. Padabenz voces sao um casal de ouro e muito abencoados.
- 14.06.2018 - 22:134
Pela mor
claudinei francisco pioner - 14.06.2018 - 20:385
Família linda e abençoada por DEUS. Se o governo não castigasse tanto, como pais eles estariam dando conta do recado. Mas com esta carga tributária, com o pagamento das progressões que o Richa não fez e etc.. fica difícil... Não se preocupem Juse e Karla.... DEUS PROVERÁ .Tenho certeza.
Elisangela - 14.06.2018 - 20:286
Família linda, Karla e Juse são pessoas incríveis,com uma coragem que poucos teriam,mas mesmo passando por essas dificuldades são crianças amadas e em melhores situações que estavam. Elas precisam de nossa ajuda.

Deixe seu comentário

* Ao enviar o comentário você aceita os termos de uso do site.