Brasil | Irresponsabilidade

Quarta-feira, 13 de Setembro de 2017

Ambulância de Avaí é flagrada com documento irregular e motorista sem CNH

Veículo apreendido pela PM de Bauru levava adolescentes para a Apae. Prefeito da cidade admitiu irregularidade e disse que só não resolveu esse caso porque o veículo tinha multa alta a ser paga.

Uma ambulância da prefeitura de Avaí (SP) foi apreendida na manhã desta terça-feira (12) durante uma fiscalização de rotina e ficou retida na Base da Polícia Militar de Bauru (SP).

Ao abordar o veículo oficial, os agentes descobriram duas irregularidades: além de o veículo estar com o licenciamento vencido, o motorista também estava irregular – sua CNH (Carteira Nacional de Habilitação) estava vencida.

A ambulância conduzia dois adolescentes de Avaí, com seus acompanhantes, para fazer um tratamento de reabilitação na unidade de Bauru da Apae (Associação de Pais e Amigos do Excepcionais).

Para não prejudicar o tratamento dos jovens, um dos policiais assumiu a direção da ambulância e levou o grupo até a Apae. De volta à base, o veículo ficou retido e só foi liberado após a apresentação de um condutor habilitado de forma regular.

Explicações

O prefeito de Avaí, André do Neto (PSD), informou por telefone que sabia que o licenciamento estava vencido desde 2015. De acordo com ele, a gestão atual assumiu com todas os licenciamentos de ambulâncias vencidos, dos quais 90% já foram quitados.

O documento do veículo apreendido em Bauru, no entanto, não pôde ser renovado porque possui uma multa no valor de R$ 2 mil, a qual a prefeitura não conseguiu pagar. Neto disse também que vai conversar com seu Departamento Jurídico nesta quarta-feira (13) para saber qual será o encaminhamento da situação.

Sobre o motorista, que estava com a habilitação vencida, o fiscal de transporte Pércio Emílio Tiepo informou que o servidor disse que não sabia que estava com o documento irregular e que não havia sido notificado das multas que estavam atribuídas a ele.

Tiepo também disse que o funcionário ficará afastado de suas funções e que ele vai conversar com um advogado para saber como vai ficar sua situação.

 

G1

COMPARTILHE

COMENTÁRIOS

Paulo - 13.09.2017 - 20:081
Se fosse 2m santa helena pr tava culpando quem capati Aguora em bauru pode me os comentário

Deixe seu comentário

* Ao enviar o comentário você aceita os termos de uso do site.