Esporte | Vôlei

Quarta-feira, 16 de Maio de 2018

Brasil encara o Japão e tenta se recuperar de tropeço na Liga das Nações

O resultado na estreia não foi o esperado. Muito menos o desempenho. O compromisso desta quarta, porém, promete ser ainda mais complicado. Diante do Japão, o Brasil volta a encarar um de seus rivais mais difíceis – nos últimos dois jogos, duas derrotas. Com pouco tempo de preparação, a equipe tenta evoluir na marra para não se complicar na competição. O time de José Roberto Guimarães enfrenta as asiáticas às 15h, no ginásio José Corrêa, em Barueri. A TV Globo, o SporTV e o GloboEsporte.com transmitem a partida ao vivo.

No ano passado, a seleção perdeu para as japonesas duas vezes por 3 sets a 2 – no Grand Prix e na Copa dos Campeões. Na estreia na Liga das Nações, as asiáticas também sofreram: perderam por 3 sets a 0 para a Sérvia, na noite de terça. Zé Roberto espera um rival complicado, mas também acredita na evolução do time.

- É um rival mais complicado na defesa, principalmente. É um time que erra menos, time bem posicionado no sistema defensivo. E vai exigir do nosso time, que é o que precisamos. Precisamos melhorar o volume, a intensidade do jogo.

José Roberto Guimarães vai tentar fazer seleção evoluir na segunda partida (Foto: Divulgação/FIVB)

José Roberto Guimarães vai tentar fazer seleção evoluir na segunda partida (Foto: Divulgação/FIVB)

Tandara esteve em quadra nas últimas partidas contra as asiáticas. Por isso, sabe que a missão nesta quarta não será das mais fáceis. Mas afirma que o time precisa ter paciência para evoluir dentro de quadra.

- A Alemanha tem um time muito novo, assim como o Brasil – a nossa veterana é a Jaqueline. O Japão é mais cascudo. Nos dois últimos jogos para o Japão, perdemos por 3 a 2. É importante saber jogar, ter mais discernimento, jogar a pressão para o outro lado. O time é muito novo, sabe onde pode chegar. Paciência porque nós vamos colher.

Brasil e Japão fazem o duelo dos que ainda não pontuaram. Depois, às 17h, Alemanha e Sérvia se enfrentam na outra partida da chave 4.


G1

COMPARTILHE

COMENTÁRIOS

Deixe seu comentário

* Ao enviar o comentário você aceita os termos de uso do site.