Notícias da Região | Golpe

Terça-feira, 13 de Março de 2018

Homem vende CNH falsa nas redes sociais em Cascavel

O golpe é antigo, mas ainda desperta interesse de muitas pessoas que procuram facilidades para conseguir documentos. Em um grupo de compra e venda pela internet, uma pessoa oferece carteiras de motorista para quem pagar R$ 1 mil. Mas se pagar à vista, o negócio saí por R$ 600, em Cascavel.

É só depositar o dinheiro e enviar os dados e receber a CNH em 24 horas pelo Correios, diz o vendedor em uma conversa com uma produtora da Catve. Ele afirma que o documento é quente e é produzido no próprio Detran.

O rapaz chega a passar o número da conta e determina um horário para depósito.

Depois de 45 aulas teóricas e 25 aulas práticas ainda, é preciso marcar e realizar as provas no Detran, agora tudo informatizado. Segundo a Chefe da Ciretran de Cascavel, não existe outra maneira de conseguir uma CNH legítima, qualquer outra forma oferecida é golpe.

Além de adquirir um documento falso, quem compra também está cometendo um crime.

Segundo o Delegado responsável pelo Setor de Estelionatos de Cascavel, o comprador pode ser responsabilizado por receptação ou uso de documento falso. Já quem vende por estelionato ou falsificação de documento.

Catve


COMPARTILHE

COMENTÁRIOS

fidodido@hotmail.com - 14.03.2018 - 07:381
eita brasil velho de guerra agora até as redes sociais virou presa facil para surrupiar os outros tem jeito não
Pezão - 13.03.2018 - 23:462
isso mesmo a polícia Tem que prender esses lazarenti aí fica falsificando carteira de habilitação ir para o povo ficar mais feliz para andar de carro de moto caminhão carreta essas coisas até pode tirar a vida dos outros por causa de não fazer as aulas no Detran certinho Detran na auto escola fazer só as prova teórica lá e fiscalização do Detran fazer a prova. prova prática no final do curso

Deixe seu comentário

* Ao enviar o comentário você aceita os termos de uso do site.