Esporte | "Quer chocar o cinturão"

Quarta-feira, 11 de Janeiro de 2017

Jacaré diz que Boetsch é "encrenca" e ataca Bisping

Lutador da X-Gym critica atual campeão do peso-médio, o chama de frouxo e explica por que aceitou o duelo contra Boetsch: "Vi como oportunidade de não ficar parado

Em terceiro lugar no ranking oficial do peso-médio, Ronaldo Jacaré, cujo discurso é sempre voltado ao topo da categoria, em especial, ao cinturão do UFC, causou estranheza ao aceitar enfrentar Tim Boetsch, 14º colocado, em duelo marcado para 11 de fevereiro, no UFC 208, no Brooklyn (EUA). A explicação do brasileiro passa pela falta de opções, afinal, quem não está lesionado, caso de Luke Rockhold, está fugindo do embate, como Michael Bisping, atual campeão.

- Eu vi como oportunidade de fazer uma luta, de não ficar parado. Percebo que todas as pessoas que ficaram muito tempo inativas não se deram bem quando voltaram. Gosto de ficar em atividade, de estar sempre lutando. Tinha luta contra o Rockhold marcada em novembro, mas parece que ele se machucou. O UFC me ofereceu o Boetsch agora, e eu aceitei, achei legal. O Luke está machucado, o Chris (Weidman) não está em tempo de voltar, o (Robert) Whittaker está lesionado... Essa é a luta que tem. O Bisping está correndo, é um frouxo, quer chocar o cinturão. O (Yoel) Romero não quer me enfrentar de jeito nenhum. Tive que aceitar para não ficar sem luta. O cinturão vai acontecer quando tiver que acontecer. A intenção é pegar todo mudo, enfileirar a divisão toda... Quero bater em todos, até o UFC me dar a oportunidade que mereço. - declarou o faixa-preta de jiu-jítsu, em entrevista exclusiva ao Combate.com.

Embora mire Bisping, Romero e Rockhold - os únicos da categoria à sua frente no ranking - Jacaré não minimiza a qualidade de Tim Boetsch e afirma que o oponente é perigoso.

- Ele é uma encrenca, um cara duríssimo. O Boetsch não é luta fácil para ninguém, estou muito ligado nas habilidades dele. É um cara muito forte, com bom wrestling, mãos pesadas. Tenho que entrar ligado. Se eu piscar, poderei dar uma piscada longa, daquelas de acordar depois de muito tempo (risos). Vou montar uma boa estratégia boa para anular todas as armas dele. O objetivo é sempre levar para o chão e finalizar, mas posso acabar com a luta antes da hora (risos).

Tim Boetsch x Ronaldo jacaré (Foto: Getty)Tim Boetsch e Ronaldo Jacaré vão se enfrentar no UFC 208, dia 11 de fevereiro, nos Estados Unidos (Foto: Getty Images)

 

 

Bicampeão mundial absoluto de jiu-jítsu, Ronaldo Jacaré, que está a um mês de voltar ao octógono, afirma que tem afiado seu jogo no solo e trabalhado chutes com Pedro Rizzo.

- Eu estou procurando sempre evoluir, é uma coisa que está lado a lado comigo. Procuro aprender e acredito que, para essa luta, não será diferente. Estou melhorando bastante, trazendo novidades para dentro do octógono. Outro dia estava aprendendo jiu-jítsu com o Aryzinho (Farias), que ficou me ensinando técnicas novas... Estou trabalhando com a galera e chutes com o Pedro Rizzo.

Depois de enfileirar cinco adversários, Jacaré perdeu para Yoel Romero em duelo cujo resultado gerou controvérsias. Em 2016, ele se recuperou ao atropelar Vitor Belfort, no UFC Curitiba, em maio. Boetsch, por sua vez, está embalado por triunfos contra Josh Samman e Rafael Sapo, ambos por nocaute.

UFC 208
11 de fevereiro, no Brooklyn (EUA)
CARD DO EVENTO (até o momento)
Peso-pena: Holly Holm x Germaine De Randamie
Peso-pesado: Derrick Lewis x Travis Browne
Peso-médio: Ronaldo Jacaré x Tim Boestch
Peso-meio-pesado: Glover Teixeira x Jared Cannonier
Peso-leve: Dustin Poirier x Jim Miller
Peso-mosca: Ian McCall x Neil Seery
Peso-mosca: Wilson Reis x Yuta Sasaki
Peso-pesado: Luis Henrique KLB x Marcin Tybura
Peso-médio: Roan Jucão x Ryan LaFlare
Peso-leve: Nik Lentz x Islam Makhachev
Peso-meio-médio: Randy Brown x George Sullivan
Peso-leve: Gilbert Durinho x Paul Felder
Peso-pena: Phillipe Nover x Rick Glenn

G1

COMPARTILHE

COMENTÁRIOS

Deixe seu comentário