Notícias da Região | Greve

Sexta-feira, 22 de Outubro de 2021

Mais de 300 trabalhadores fazem greve por falta de pagamento em Missal

Mais de 300 trabalhadores de uma empresa de construção estão em greve no município de Missal.

São 380 funcionários da Sadesul, que entraram em greve desde o dia 14 de outubro.

Segundo informações repassadas à reportagem, os colaboradores estão reivindicando o pagamento atrasado do vale alimentação, multa por atraso nos salários, rescisões atrasadas, reembolso de passagem e equiparação salarial.

Agora eles estão sendo representados pelo Sintrapav (Sindicato dos Trabalhadores nas Indústrias da Construção Pesada no Estado do Paraná), que tenta um acordo com a empresa.

A Empresa SADESUL por meio de nota informou que "está ciente dos acontecimentos e empenhada em buscar a solução para estancar os distúrbios provocados por seus empregados. Esclarece que não se encontra inadimplente com qualquer verba de natureza trabalhista (salários e encargos estão pagos e recolhidos regularmente). O atraso no pagamento do vale alimentação dos empregados é uma das consequências dos transtornos ocasionados no fluxo de caixa da empresa pelos impactos da pandemia do Coronavirus que, no curso dos últimos 20 meses, ocasionou, dentre outros efeitos uma acentuada perda de produtividade e produção e um crescente aumento dos preços dos materiais e equipamentos empregados nas suas obras. A paralisação dos empregados da SADESUL, observada no município de Missal, decorreu do atraso (neste mês de outubro, exclusivamente) no crédito do valor do vale alimentação, estando, entretanto, garantidas as refeições diárias a todos os colaboradores. A paralisação dos empregados alocados na obra de Missal (neste momento a principal obra da SADESUL) e, em consequência, dos serviços pelos mesmos executados agrava ainda mais a quebra no faturamento da empresa, com reflexo, inclusive, no pagamento dos seus demais compromissos junto a seus fornecedores locais, resultando, ainda, essa paralisação, em efetivo e danoso efeito cascata, cuja recuperação será alcançada em curto prazo pelas providências já encetadas pela empresa."

Catve