Notícias da Região | Tráfico internacional de pessoas

Quinta-feira, 11 de Outubro de 2018

Maria Paraguaia ganha liberdade após quase um ano na prisão

Após quase um ano presa, a Maria Conceição Queiroz, a Maria Paraguaia ganhou a liberdade. Ela foi detida em outubro do ano passado, acusada de tráfico internacional de pessoas, e seguia na carceragem da Delegacia de Polícia Civil de Corbélia, de onde saiu no fim de semana.

A informação foi confirmada pelo advogado de Maria Paraguaia, Felipe Velozo. O defensor, no entanto, afirmou que "não pode adiantar detalhes" sobre a soltura da acusada.

O advogado confirmou que já houve sentença do processo, mas sem revelar se a cliente foi condenada ou absolvida.

As investigações sobre o caso começaram no dia 24 de outubro depois que um menino foi supostamente abandonado no Bairro Cascavel Velho. O Nucria (Núcleo de Proteção à Criança e ao Adolescente Vitimas de Crime) foi quem iniciou o processo.

Ela era acusada de trazer três jovens do Paraguai ao Brasil. Uma adolescente de 17 anos, que seria mãe do menino, e uma criança de 10 anos, prima deles, também foram encontradas na casa onde morava Maria Paraguaia. Os três são de origem Paraguaia e já retornaram ao país vizinho.

Redação Catve.com

COMPARTILHE

COMENTÁRIOS

Deixe seu comentário

* Ao enviar o comentário você aceita os termos de uso do site.