Notícias da Região | Santa Helena

Segunda-feira, 12 de Fevereiro de 2018

Polícia Militar é acionada por vítima de violência doméstica

A PM de Santa Helena foi acionada na noite de sábado (10), por uma mulher, moradora do centro da cidade, vítima de violência doméstica.

De acordo com o relato da vítima, ela tem duas filhas, sendo uma criança especial de 6 anos de idade, que requer cuidado constante e outra criança com um ano. Ela conta que sofre com a violência do marido já a três anos, que o casal tem atendimento psicológico no CREAS, na tentativa de minimizar o problema, mas não vê mais solução para a situação.

Ainda no sábado a PM fez diligências, mas não encontrou o agressor, encaminhando o caso para a Delegacia de Polícia. A vítima quer uma medida protetiva e, amparada pela lei Maria da Penha, a prisão do marido, pois teme por sua segurança e de suas filhas. Ela procurou a Delegacia de Polícia Civil, mas foi informada que terá atendimento somente na quinta-feira (15).

Sem saber como resolver a situação, ela entrou em contato com a redação do Correio do Lago para tornar pública a sua situação e talvez, evitar novas investidas do agressor.

Assista o depoimento em vídeo.


COMPARTILHE

COMENTÁRIOS

eu - 13.02.2018 - 21:051
isso é uma vergonha onde mora esse verme ela temque pegar uma faca e abrir ele debaixo ate na cabeca deixar sangra ate morre uma praga dessa vamos dar um jeito nesse carniça
... - 13.02.2018 - 13:322
qm e o marido dessa mulher? vamos levar ele pra pescar ali no lago. pilantra do caralho!!!
Marco veio - 13.02.2018 - 08:113
Pra vcs saberem e um tal de ...... ........ que se axa machao batendo e mulher com a criança no colo e a outra no lado da mae vendo tudo oque aconteceu vamos denunciar para k a policia prenda essa lixo da sociedade e que na cadeia eles retribuam ok fez para essa mulher
Justiça - 12.02.2018 - 20:144
Quando vão fazer o exame de corpo delito se precisa do encaminhamento da polícia civil e eles só vão atender na quinta????? Precisa de plantão pra isso .
Justiça - 12.02.2018 - 20:105
Essa mulher é uma VÍTIMA, pois continuou com ele pra filha poder frequentar Apae serviço esse que não tem no Paraguai e como podem ouvir o choro da menina é constante e ela já sofre o bastante, não precisa de julgamento precisa de ajuda. Que bom que resolveu denunciar agora esperamos da polícia a prisão desde bandido.....feriu a todas as mulheres e mães...
To de olha respeita a mulher - 12.02.2018 - 18:156
Eu tem duas filhas. Ao tem enprego.ela tem que ficar na casa msm vai mora na rua com uma crianca que e especial E. Se ela nao foi enbora e pq ela nao tem condincoes ser mae de 2 criancas nao e facil
tô de olho - 12.02.2018 - 16:227
Posta a foto do marginal para o povo ver quem é, para podermos ajudar a capturar este marginal.
Segurança - 12.02.2018 - 16:208
Vítima da sociedade, está louca para pegar os ...... do cara, se já apanhava porque não foi em bora, já que não tem ..... nenhuma.
acadêmico em direito - 12.02.2018 - 16:169
Não basta somente penalizar a atitude deste individuo, mas da condições para que essa mulher possa sair de casa e ser amparada pelo poder público através de politicas publicas dando suporte jurídico mas como também fazendo parcerias para que ela possa consegui arrumar um trabalho e se livre desta covardia, por isso é necessário o poder público pensar nesta possibilidade de abrigar essas mulheres vitimas de abusos e violência domesticas, que diga se de passagem não são poucas aqui em Santa Helena... Vergonha
... - 12.02.2018 - 15:5310
Mais ela também não é Santa, ...... nele várias vezes e até tentou ...... com uma faca enquanto ele tomava banho.

Deixe seu comentário

* Ao enviar o comentário você aceita os termos de uso do site.