Notícias da Região | Medianeira

Sábado, 12 de Agosto de 2017

ROTAM apreende menor de idade em ponto de tráfico de drogas

Por volta das 23h40 de sexta-feira (11), policiais militares do grupo ROTAM realizavam patrulhamento no Bairro Parque Independência, em Medianeira, quando avistaram um indivíduo suspeito, aparentemente saindo de uma residência onde seria um ponto de tráfico de drogas.

Diante da suspeita a equipe realizou a abordagem do indivíduo. Enquanto realizava a abordagem, a equipe avistou um segundo indivíduo sair correndo de uma quitinete por uma viela ao lado, em direção aos fundos de outro terreno.

Diante desta suspeita a equipe entrou na quitinete e a encontrou com a porta da frente aberta e visualizou em cima de uma mesa uma tábua de cortar carne com alguns invólucros de maconha.

Foram encontradas ainda, uma faca de serra com indícios de estar sendo usada para fracionar a droga encontrada, uma calculadora que estava ligada, sacos plásticos transparentes e rolos de fita durex, ambos com características do material usado para embalar porções da droga.

Diante do flagrante de tráfico de drogas no local, a equipe realizou buscas na residência e encontrou alguns objetos de origem duvidosa, possivelmente usados como moeda de troca.

Na sequência, os militares realizaram buscas nas proximidades e na Rua Florianópolis, que fica atrás da residência e por onde supostamente o suspeito teria fugido, a equipe avistou um rapaz andando descalço, ofegante e com as mesmas características do indivíduo que se evadiu da quitinete minutos antes. De imediato foi realizada a abordagem ao adolescente, que possuiu 17 anos de idade.

Em revista pessoal a equipe localizou nos bolsos dele R$ 710,00 em espécie, divididos em notas de 50, 20 e 10 reais, o que reforça a característica do comércio de drogas.

Questionado de onde estaria vindo, o menor não soube informar e sobre a procedência do dinheiro encontrado ele disse ter recebido de seu patrão.

O menor recebeu voz de apreensão foi encaminhado, juntamente com a droga e objetos apreendidos, até a sede da PM para a confecção do Boletim de Ocorrências e posteriormente até a Delegacia de Polícia Civil, para procedimentos cabíveis.

Uma equipe do Conselho Tutelar acompanhou os procedimentos.


COMPARTILHE

COMENTÁRIOS

Deixe seu comentário